Mário Nélson ilibado das acusações

O Conselho de Justiça da AF Santarém aceitou o recurso apresentado por Mário Nelson, absolvendo-o da acusação e das penas aplicadas pelo Conselho de Disciplina. O treinador lamentou os “danos morais causados”

Mário Nelson, o ex-treinador do Ouriense, foi ilibado das acusações que levaram à sua suspensão por um ano pelo Conselho de Disciplina da Associação de Futebol de Santarém, anunciou o Conselho de Justiça daquela Associação.

Em comunicado, o Conselho de Justiça da AF Santarém dá como “julgado procedente o recurso, absolvendo o arguido da acusação e das penas aplicadas pelo Conselho de Disciplina”, no início de 2018. O técnico foi castigado, depois de ter sido acusado de agressão a um futebolista do Mação, num incidente que teria ocorrido em outubro de 2017, em jogo a contar para a Taça do Ribatejo.

Mário Nelson, de 39 anos, atual treinador do União de Almeirim, congratulou-se com a decisão do Conselho de Disciplina que anula a deliberação tomada na sequência de um “processo de averiguações convertido em processo disciplinar”, que culminou com a decisão de punir o treinador na pena de um ano de suspensão, na multa de 150 euros e nas custas do processo.

“Embora tarde, foi feita justiça e reposta a verdade dos factos”, disse o técnico, tendo lembrado “os danos morais causados” e a “impossibilidade de desenvolver a atividade durante todo este tempo”.

Mário Nelson, que no domingo tem jogo da primeira jornada do campeonato da I Divisão Distrital de Santarém e já vai poder orientar a equipa do Almeirim a partir do banco, disse ainda que o processo “já faz parte do passado” e que “muita gente deve um pedido de desculpas”.

O JOGO

Você pode deixar um comentário, ou um link a partir do seu site.

Escreva um comentário

Tem de efectuar log in para comentar o artigo.

Criado por pombaldir.com Nenhuma parte deste site pode ser reproduzido sem a autorização do jornal "O Derbie" Sugestões e Criticas a este site: [email protected] ou 968 628 512 e 236 217 163