Um goleador que ainda sonha

Marcelo Santiago, avançado português de 29 anos, lidera a lista dos melhores marcadores do Campeonato de Portugal, a par de Diego Zaporo, do Pinhalnovense. Ambos contabilizam 11 golos. Um estatuto para manter, garante Marcelo. “Espero continuar no topo dos goleadores e quero marcar mais para fazer a melhor época da minha carreira”, assume.

Apesar da idade e de ter um emprego estável como técnico de desenho, não deixa morrer o sonho de um dia representar uma equipa da Liga NOS. “O sonho está sempre cá. Sei que não é fácil e, para acrescentar, tenho o meu trabalho diário. É difícil aceitar projetos profissionais”, admite a Record.

O goleador realizou 15 jogos até ao momento – relativos às 14 jornadas da Série C do Campeonato de Portugal e à 1ª eliminatória da Taça de Portugal, na qual a sua equipa foi eliminada pelo Anadia. O melhor que o avançado conseguiu foi apontar 13 golos na temporada 2015/16, em 27 jogos ao serviço do Estarreja. Na época transata, já no Águeda, marcou 12, em 28 jogos. Agora persegue um recorde e elogia os companheiros.

“O rendimento individual apenas é evidenciado através de um bom coletivo. Este ano temos uma equipa forte e isso ajuda bastante”, verifica o dianteiro, que já teve experiências na 2ª Liga, ao serviço de Tondela e Feirense, e considera que “já não existem muitas diferenças” para o Campeonato de Portugal.

Marcelo também teve uma experiência no estrangeiro, no FK Jagodina, da Sérvia, que não correu como esperava. “Na altura, cheguei com mais dois jogadores estrangeiros na semana em que começava o campeonato, por isso já tínhamos perdido o comboio. As coisas estavam a correr bem para o clube, mas o treinador não apostava nos estrangeiros e, em janeiro, convidaram-me a sair”, lamenta.

 

Luís Magalhães (RECORD)

Você pode deixar um comentário, ou um link a partir do seu site.

Escreva um comentário

Tem de efectuar log in para comentar o artigo.

Criado por pombaldir.com Nenhuma parte deste site pode ser reproduzido sem a autorização do jornal "O Derbie" Sugestões e Criticas a este site: [email protected] ou 968 628 512 e 236 217 163