AF.Leiria I Empate com alguma polémica à mistura

Na tarde de domingo, o Grap/Pousos viu esfumar-se matematicamente o sonho da subida, ao consentir uma igualdade a duas bolas no seu reduto, diante uma Pelariga que vinha de uma pesada derrota mas que garantiu precioso ponto, num final de jogo polémico.
Os donos da casa, cedo tomaram conta da partida, com um futebol ofensivo, agradável, jogado de pé para pé e numa dessas jogadas, Cédric de primeira criou dificuldades a João Pedro, com uma defesa a dois tempos.
Minutos mais tarde, na sequência de um livre lateral, o perigo voltou a rodar a baliza da Pelariga, com um defensor contrário a tirar perto da linha de golo. Depois foi Cristiano à entrada da área a rematar a centímetros da barra (18′).
O mesmo Cristiano, no minuto seguinte, cometeu falta para grande penalidade sobre Felipe. Mas na conversão do castigo máximo, Diogo Padeiro permitiu a defesa de Mocheco.
O primeiro tento do desafio surgiu de onde menos se esperava, num canto, com Digo a responder de cabeça, com o esférico ainda a embater em Lomba antes de entrar. Estava assim aberto o ativo.
Na resposta, foi Cédric que cabeceou ligeiramente por cima, após bom trabalho de Mantorras na esquerda.Mas o empate chegou pouco depois, onde Mantorras voltou a estar em evidência, numa jogada de insistência, com o jovem extremo a rematar para defesa incompleta de João Pedro e na recarga, Dany Marques fuzilou para o 1-1.
Ainda antes do descanso, Vieirinha (grande primeira parte) proporcionou a defesa da tarde a João Pedro, mantendo a igualdade nos primeiros 45′ .
No reatamento, os visitados continuaram com sinal mais e Alexandre Cruz, entrado ao intervalo, num ataque rápido, lançou Dany que com um toque subtil tentou o golo mas pecou na finalização.Depois foi o próprio Alexandre Cruz a rematar cruzado, com perigo mas ao lado da baliza (66′).
Com os visitantes inofensivos em termos atacantes, foram os anfitriões que chegaram ao golo, através do recém-entrado Diogo que no meio da confusão, foi o mais expedido a aproveitar cruzamento vindo da esquerda, materializando a reviravolta no marcador (2-1).
Quando tudo parecia decidido, heis que um lance sobre a esquerda,  Tenente com um vistoso pontapé de bicicleta igualou a contenta, num lance que gerou muita polémica. isto porque o auxiliar anulou o golo por fora-de-jogo mas, perante os protestos dos jogadores forasteiros, chamou o árbitro da partida, voltando com a palavra atrás, validando o golo do empate.
Ainda antes do término do encontro, Caio Prado esteve muito perto de desfazer a igualdade mas o seu remate saiu ao lado.
Resultado lisonjeiro para a Pelariga, que pouco fez para sair com pontos dos Pousos, onde beneficiou de uma decisão no mínimo discutível do trio de arbitragem, que assim manchou a sua actuação.

Fábio Osório (Diário de Leiria)

GRAP 2
Mocheco, Cristiano (Lagoa, 67′), Lomba (c), Migas, Lucas (Diogo Gomes, 67′), Vieirinha, Fábio Pedro, Caio Prado, Mantorras (Alexandre Cruz, ao intervalo), Danny Marques e Cédric.
Não jogaram: Renato, M’Bala Benny e Rodrigo Silva.
Treinador: Carlos Ribeiro “Tocha”.

Pelariga:
João Pedro, Zeca, Frade, Digo (Tomás Mendes, 82′), Joel, Ivo (c), João Pinto, Sami ( Tenente, 67′), Felipe (Simão, 82′), Diogo Padeiro e Bajedas.
Não jogaram: Rodrigo, Flávio, Coimbra e Daniel Mendes.
Treinador: Marco Ferreira.

Campo da Charneca, Pousos.
Arbitro: Ivo Madureira.
Auxiliares: João Santos e Bruno Colaço.
Espectadores: 110

Ao intervalo: 1-1.
Golos: 0-1 Digo (27′), 1-1 Dany Marques (40′), 2-1 Diogo Gomes (76′), 2-2 Nuno Tenente (88′).
Acção Disciplinar: Vermelho direto a, Caio Prado, no final do jogo.

Você pode deixar um comentário, ou um link a partir do seu site.

Escreva um comentário

Tem de efectuar log in para comentar o artigo.

Criado por pombaldir.com Nenhuma parte deste site pode ser reproduzido sem a autorização do jornal "O Derbie" Sugestões e Criticas a este site: [email protected] ou 968 628 512 e 236 217 163