Vitória nas grandes penalidades com polémica à mistura

Num jogo com alguma polémica à mistura, o Portomosense venceu a Pelariga nas grandes penalidades, após um empate no final do tempo regulamentar e no prolongamento.
O árbitro do encontro foi o protagonista do jogo pela negativa, cometendo vários erros, entre os quais, os que ditaram os dois golos.
O jogo não reservou um espetáculo de encher o olho, com poucas situações de perigo. A Pelariga não se amedrontou pelo facto de defrontar uma equipa de escalão superior e demonstrou que é um conjunto com valor para estar na divisão de Honra.
O primeiro golo do encontro surgiu ao minuto 20, com Pedro Neves a converter uma grande penalidade assinalada pelo árbitro David Alexandre. O defesa Tomé cortou a bola com o peito e não com o braço. Até final do primeiro tempo o marcador não se alterou.
No segundo tempo a toada de jogo manteve-se com poucas situações de golo. O Portomosense era uma equipa mais com coração do que com a cabeça, enquanto a Pelariga mostrava-se muito segura no capítulo defensivo e controlava o jogo.
Antes de mais um caso do jogo, a Pelariga ficou reduzida a dez jogadores por duplo amarelo a João. No quinto minuto desconto, o árbitro do encontro considerou erradamente que o guarda-redes João Matias agarrou a bola, largou a mesma e voltou a agarrar, assinalando livre indirecto na pequena área da Pelariga. Na sequência do lance os avançados Felipe e Dadá foram expulsos.
Na conversão do livre o defesa Nicolas fez o empate no encontro. No prolongamento, o Portomosense procurou sempre a vitória, perante um Pelariga reduzido a oito elementos.
O marcador não se alterou, o que motivou o recurso às grandes penalidades. Na lotaria foi mais feliz o Portomosense que não desperdiçou nenhuma grande penalidade. A Pelariga enviou uma bola à barra e Faustino defendeu uma grande penalidade. No final, 4-2 para o Portomosense, que desta forma segue para as meias-finais.
Mau trabalho de David Alexandre e seus pares.

Campo Municipal de Porto de Mós
Árbitro: David Alexandre (AF.Leiria)

Portomosense 5
Faustino; Nicolas, Tomé, Tiago (Carlos Cruz, 45’) e Jonathan; Hugo Almeida (Juliano, 62’), Elton, Grazina (Pauleta, 77’); Afonso, Pedro Vindima e Matreco
Treinador: Jorge Gomes

Pelariga 3: João Matias, Jimmy, Eduardo Marto, João e Gui; Fábio Pereira, Ivo, Pedro Neves ( Dadá, 86’) e Bajedas; Fábio Roxo (Felipe, 60’) e Stéphane (Bruno Ferreira, 76’)
Treinador: Ricardo Silva

Marcadores: Pedro Neves (20’) Nicolas (90+6’)

Você pode deixar um comentário, ou um link a partir do seu site.

Um Comentário a “Vitória nas grandes penalidades com polémica à mistura”

  1. beto freire diz:

    VOCÊS DEVIAM TER VERGONHA DE PUBLICAR UM ARTIGO ASSIM QUANDO VIRAM QUE A EQUIPA DA PELARIGA FOI ROUBADA A 100%, (NÃO SEI SE SERÁ POR SER DE UM ESCALÃO INFERIOR OU POR OUTRA COISA QUALQUER)
    DÁ-ME PENA COMO É QUE TU E OUTRO SÃO UNS PAUS MANDADOS DOS CABEÇUDOS QUE MANDAM NESTA MERDA TODA!!!!!!

Escreva um comentário

Tem de efectuar log in para comentar o artigo.

Criado por pombaldir.com Nenhuma parte deste site pode ser reproduzido sem a autorização do jornal "O Derbie" Sugestões e Criticas a este site: [email protected] ou 968 628 512 e 236 217 163